quarta-feira, 26 de setembro de 2012

domingo, 23 de setembro de 2012

Crescimento da maré

Com o crescimento da maré nesses dias, formou - se uma parede de duna, com  isso provocou também alguns desabamentos de terras com vegetação.




sábado, 22 de setembro de 2012

O barco SAPROPEL

A saída do barco SAPROPEL, esta prevista para esse proximo final de semana. Seu ponto de pesca agora sera em Natal.


sexta-feira, 21 de setembro de 2012

O clube de São José

O velho club de São José reabrirar novamente ao comando de Jailson, ainda não tem data marcada.


São José no passado


    São José de Touros, em 1832, contava com 42 fogos e 178 almas.
    A família “Tarquino” desempenhou importante papel durante a organização inicial do conjunto de pequenas habitações com características idênticas (1880) que formou a simpática povoação da Praia de São José de Touros. Os precursores foram o pescador Luís Tarquino e sua esposa Maria da Silva Tarquino. Surgiram, na mesma época, as residências de Benedito de Touros, Delfino Tarquino, Manoel Tarquino, João Raimundo, João Batista e Antônio Marcolino, todos participantes da atividade pesqueira.
    O engenheiro militar Antônio Florêncio Pereira do Lago, líder da Retirada de Laguna, durante a Guerra do Paraguai, feito histórico militar, nasceu a 10 de maio de 1825 em São José de Touros. Filho de um humilde pescador tornou-se herói combatente brasileiro, nasceu pouco favorecido e tornou-se um exemplo de vencedor. O sobrenome Pereira do Lago foi-lhe dado pelo intendente municipal Manoel Modesto Pereira do Lago, seu padrinho. O herói de São José tornou-se comandante geral da Polícia da Corte, em 1885. Faleceu no primeiro dia do ano de 1892. É patrono do grupo escolar mais antigo da cidade de Touros (15 de abril de 1928).São José de Touros contava, no ano 2000, com 1.500 habitantes.
 
CURIOSIDADE – Os primitivos habitantes de São José de Touros prestaram homenagem a São Sebastião escolhendo-o padroeiro do povoado. Mas, com o decorrer do tempo, avolumaram-se as indagações populares sobre a escolha do patrono. O lugar recebeu, então, o nome de São José, mas o direito do padroado foi também concedido a São Sebastião. A população interessada em ter São José como protetor e não deixar de reverenciar a São Sebastião, encontrou a solução: São José, o padroeiro, e São Sebastião, o co-padroeiro da bela Praia de São José de Touros. As imagens dos dois foram colocadas no altar da igreja Católica de São José de Touros.


PRAIA DO MUNICÍPIO DE TOUROS.
ACESSO – BR 101/RN 221.
DISTÂNCIA DE NATAL – 104 km.